Entrevista da Carol Garcia

Avatar do usuário
Xevious
Administrador
Administrador
Mensagens: 9580
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:12
Fale sobre voce: Sou feito de atomos
Gender:
Brazil

Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Xevious » 09 Nov 2009, 21:10

Já escreveu algum livro?
Imagem
Sempre gostei de escrever, desde criança, e praticava muito na feira literária que minha escola promovia todos os anos, apresentando livros escritos e ilustrados pelos alunos. Minhas primeiras estórias eram releituras das que eu já havia lido, e como me alfabetizei muito cedo (Com 4 para 5 anos lia sem gaguejar e escrevia fluentemente, o que deu um certo trabalho para minhas primeiras professoras...), no primeiro do ensino fundamental, já participei da tal feira com livro escrito, ao contrário de apenas ilustrado, como era esperado. Com 13 anos escrevi um romance (Se é que pode-se chamar assim.), que se passava no Vietnã (Meu padastro, que era militar, sempre me incentivou a aprender estratégias de guerra, e eu queria ser fuzileira naval, mas minha mãe disse que era loucura, e eu fiquei por aqui, dando uma de mulherzinha...), com 150 páginas datilografadas e ilustradas a nankin por mim mesma (Sou jovem , mas o computador na época não era tão popular...hehehe). Num hospital de campanha, uma freira se apaixona por um soldado, e alí se desenrolavam situações diversas, inclusive passando muito profundamente pleos cercos da guerra, as estratégias vietcongs, descrições de algumas batalhas e das “fugas” (Sexo, álcool, drogas...) dos soldados americanos para os bares de Saigon. Depois disso, apenas roteiros para teatro. Inclusive estou trabalhando na conversão de um deles para a prosa literária. É um trabalho engavetado por meu marido e eu há uns 7 anos. Fala sobre o choque de culturas na época em que os romanos invadiam a Gália e ao mesmo tempo, os vikings invadiam Roma. Na verdade nosso projeto, depois do teatro era o cinema. Penso que talvez com o livro, possa conquistar melhor os apoiadores para este sonho, e com minhas habilitações para audiovisual, quem sabe... pois é... quem sabe.

Se não, Tem vontade de publicar um?
Imagem
Uma das maiores frustrações da minha vida é não ter podido publicar nenhhuma obra literária. Tenho crônicas e textos mais poéticos publicados por aí, e uma vez uma editora queria dar uma olhada, pra fazer uma coletânea, e talz. Só que daí, me pediram para ver o texto antes de determinar valores. Tenho muito medo do plágio, pois já sofri com ele, pelos teatros da vida aí... Insisti, e nada de uma resposta concreta. Não aceitei. Posso ter errado feio com minha carreira, mas para mim, escrever é como fazer sexo sem preservativo: prefiro fazer com alguém em quem confie.

O que levou você a ser jornalista?
Imagem
Há oito atrás, depois de me formar no Mgistério, cursava o bacharelado em História, numa universidade luterana, e caríssima. Tranquei por falta de grana. Depois de ter comido o pão que o Diabo amassou, em vários sentidos, consegui através do PROUNI, uma bolsa integral para voltar a estudar. Me candidatei para História, Filosofia, Teologia, Letras e Jornalismo. Para o turno que eu queria, só tinha para jornalismo. Encarei a bronca. Agora, depois da metade do curso, percebi que devo ter nascido jornalista e estava me testando em áreas diferentes. Não estava satisfeita com a História, pois ela não pode ser mudada. O jornalista é a História. É ele quem documenta o que o historiador vai estudar depois. Como eu descrevi no perfil de uma das cadeiras que faço online na faculdade: “Acreditei que um professor poderia "consertar" pepinos. Me formei em Magistério. Acreditei que um historiador tinha uma grande arma nas mãos. No terceiro semestre do meu bacharelado percebi que nem sempre ele podia dar o tiro. Acreditei que roteiristas podiam dizer tudo. Optei pelo teatro paralelamente a tudo isto e meus filhos passaram fome. Então, observando jornalistas percebi que eles fazem saladas com pepinos, dão tiros para todos os lados ( e raramente se abalam com processos!), e falam pelos cotovelos; na maioria das vezes bem alimentados”. Talvez seja isso. Muita água ainda vai passar por baixo desta ponte.

O que fez você gostar de foruns de conversação?
Imagem
Na verdade, só participo do Intonses, que antigamente era Forummania. Gostei do ambiente dele, para mim, é o mais saudável que já visitei e participei.

Como conheceu o Forummania?
Imagem
Através do Xevious e da Margarida. Estava passando um fim de semana na casa deles, nem lembro quando, e o Xevious me ajudou a fazer o primeiro login. Depois disso, não larguei mais, embora às vezes dê um tempinho, por falta justamente de tempo.

O que faz no tempo livre? [se é que tem]
Imagem
Tempo livre? Explique melhor... este é um termo que não uso mais faz muito tempo...

Fale algo sobre seus filhos e marido.
Imagem
“Algo sobre seus filhos e marido!” Hehehe... brincadeirinha. Tenho várias discussões de vários gêneros números e graus com os três. Mas são a base para tudo que venho construindo(embora ainda não tenha construido muita coisa...). Caimos juntos, nos erguemos juntos. Trabalhamos juntos (Pois o fotógrafo “oficial” de Alice no País das Maravilhas era o Lugh, e quem dava pitaco na minha maquiagem de coelho era a Jaliska...). Por enquanto meus bebês estão lá, na primeira fileira, assistindo, depois de muito terem dormido em camarins por aí afora. Quando começarem a desempenhar seus papéis neste mundo, espero que já tenham aprendido comigo que a família é a equipe do QG. São as únicas pessoas que estão ao teu lado incondicionalmente. O Dinho, o Lugh e a Jaliska são isto, para mim: meu refúgio, onde eu vou buscar e dar amor e forças quando precisamos uns dos outros.

Como voce virou bruxa [wicca] , bruxinha linda c/ td respeito.
Imagem
Obrigada, mas eu não sou bruxinha, sou bruxona... de altura tenho 1,66, e a maior circunferência, que é o quadril, é de apenas 121 cm... definitivamente, bruXINHA não...rsrsrsrs. Bom, minha família é kardecista. Já fui até católica, de ir na missa todo o domingo. Mas vi que o cristianismo não era pra mim. Depois que os romanos tomaram conta do cristianismo, com o perdão da palavra, fuderam tudo! Fora alguns devaneios que eu tinha, que depois eu descobri que eram dejavus (É assim que se escreve?), descobri que Hyppolyte Leon Denizard Rivail, o fundador do kardecismo, assumiu o pseudonimo de Allan Kardec por causa do espírito que lhe fazia as revelações, e que afirmava que os dois em uma encarnação passada eram druidas. “O Evangelho Segundo o Espiritismo” nada mais é do que a visão mais semelhante a que os druidas tinham de Jesus. Escolhi a seita que sigo hoje por não estar traindo minhas crenças, da forma mais próxima possivel da sua origem. O que hoje é conhecido por wicca tem vários nomes, a gente só utiliza a nomenclatura mais popular.

A wicca prega o mal ou o bem, ou é neutra?
Imagem
Eu te devolvo a pergunta: As religiões pregam o mal ou o bem, ou são neutras? Em um pomar sempre haverão maçãs bichadas. O homem é dotado de livre arbítrio. Num dos primeiros versos da Grande Exortação dizemos: “Fazes o que quizeres, sem desrespeitar a ninguém, eis a lei da Irmandade Encantada”.

Qual seu objetivo para os proximos 5 anos?
Imagem
Quando eu descobrir o que eu vou comer amanhã, te respondo.

Voce é vingativa?
Imagem
Sou escorpiana.

--- Segunda parte da entrevista ---

Onde que conheceu o Dinho?
Imagem
Numa oficina de teatro ministrada pela Sandra Loureiro. Estávamos fazendo um exercício onde, no escuro, deveríamos uns tocar os rostos dos outros. Daí, toquei um rosto que me chamou atenção. Quando íamos nos identificar na claridade, fiquei procurando o dono do rosto. O único com as características que eu havia tocado, era o Dinho...quando olhei para baixo...estava até com malha de balé. Na mesma hora, pensei: “meu Deus, onde fui amarrar meu bode...?”. Estava tentando voltar para meu ex-noivo, de quem havia me separado uns seis meses antes, e estava marcado para sairmos no fim daquela semana. Não sei o que me impulsionou a ligar para ele na hora do intervalo da oficina e dizer que não iria mais. Na mesma noite fui convidada pelo diretor do espetáculo em que o Dinho trabalhava para interpretar uma personagem que seria irmã dele (Eu estava dirigindo um outro espetáculo, a oficina era um a preparação para um festival.). Foi uma aproximação. Três dias depois perguntei: “Já te falei que gosto de ti de um jeito diferente?”... ele riu. Fiquei furiosa e perguntei o que ele havia achado daquilo. Ele disse que tava travado. Perguntei se era só este o problema. Ele disse que sim. Daí eu me atraquei nele. Um mês depois estávamos morando juntos, e dois anos depois nasceu nosso primeiro filho.

Como se interessou pelo Teatro?
Imagem
Quando tinha 5 anos, minha mãe me levou para fazer uma produção da Chapéuzinho Vermelho, em um teatro de uma escola daqui de Viamão. Não sei o que eu falei de engraçadinho lá, que todos deram risada, dizendo que eu era mimozinha. Voltei pra casa chorando e esperneando de vergonha. Quando tinha 7 anos, fui matriculada na mesma escola. E minha mãe, por conselho de uma psicóloga, sempre tentava me colocar a fazer atividade extra-curriculares. Fui parar no coral da escola. O regente pediu para que fizesse solo (Função que desempenhei até os 14 anos, até em formaturas da PUCRS... pois a escola era marista.). Na primeira apresentação, me deparei com as cortinas do mesmo palco onde dois anos antes havia chorado. Mas naquele momento elas não eram tão grandes assim. Na sexta série, com 13 anos, dirigi “A louca Versão de Chapeuzinho Vermelho”. Foi meu primeiro prêmio, de teatro estudantil. Desde então nunca mais parei. Tenho este roteiro guardado até hoje, na casa da minha mãe.

Descreva pra nós qual foi sua peça de maior sucesso.
Imagem
“O Dia em que o Diabo pediu Demissão”, que escrevi em parceria com o Dinho Freiberger. Foi um grande sucesso de público, e ano que vem, se tudo correr como está sendo projetado, meus colegas e eu, faremos um curta universitário com ele.

És roteirista também né, descreva-nos pra nós um dos roteiros, resumidamente.
Sinopse de “O Dia em que o Diabo pediu Demissão”:
Imagem
“São Pedro saiu de férias acumulativas, deixando o purgatório (entrada do céu) aos cuidados de seu chefe, pois ele não queria contratar ninguém em seu lugar, nem temporariamente.
Com isso, ninguém mais, ninguém menos que Deus ficou responsável pela maior empresa do Universo: A “Céus e Cia.”
Como se não bastasse o acúmulo de serviço, resultado da falta de experiência do Todo-Poderoso em julgar e despachar almas para o Céu ou para o Inferno; numa bela manhã, Lúcifer, o demônio responsável pela porta do inferno resolve pedir demissão, pois está insatisfeito com o juízo que os humanos fazem dele, afirmando que seu salário não faz jus ao seu trabalho e as “blasfêmias” que dizem sobre ele.
Após enfrentar as almas que fogem do inferno (Uma moça que foi possuída pelo demônio e uma purpurinada Drag Queen, além de um dos soldados romanos que fora obrigado a ajudar a crucifixar Cristo.), já que o “porteiro” não está mais lá, Deus reflete sobre alguns valores que ele mesmo institui em sua criação: o respeito pela diversidade, opções, livre arbítrio e principalmente, a importância do bem e do mal, presente, na verdade, em todos nós.”

Qual livro mais lhe influenciou a vida, e filme?
Imagem
Cara, foram tantos... Acho que o livro seria “Às Margens do Rio Piedra eu Sentei e Chorei”, do Paulo Coelho (O cara não é muito bom em norma culta, ou linguística, mas é maravilhoso de enredo... e de veracidade.) e o filme... Talvez o que mais tenha me marcado seja... pô, sei lá!

Descreva-nos um pouco da personalidade do Lugh e da Jaliska.
Imagem Imagem
O Lugh é um guerreiro viking em miniatura... a Jaliska, tem uma bailarina por fora e um fuzileiro por dentro.

Qual foi a cidade que você viajou mais lonje?
Imagem
Nunca me dediquei a viajar, e nem sei se gosto deste trem... só fui pra serra.

Qual país e qual localidade que mais lhe interessaria conhecer?
Imagem
Acho a Europa interessante, Escócia, Portugal, Grécia.

Nos fale sobre seus objetivos da vida, imediatos e mais longos.
Imagem
Um dos meus objetivos é aprender a ser objetiva, coisa que sempre tive dificuldade em ser. Já me aconteceu tanta coisa, em tão pouco tempo (Tenho só 26 anos...), que vou deixando o barco correr agora. Só quero criar meus filhos sendo um bom exemplo para eles, quem sabe tenham tanta fibra quanto eu (me considero durona, até...) Quantos colégas e amigos já convidas-te pra participar do Intonses?

O que mais admira?
Imagem
A capacidade que algumas pessoas tem de ver a vida com doçura.

O que detesta:
Imagem
Intriga.

Uma qualidade:
Imagem
Sou corajosa.

Um defeito:
Imagem
Acho que tenho dois maiores defeitos: Sou calculista e egoísta (Quem lê o que escrevo, acha que sou um poço de sensibilidade, quem convive comigo, sabe que sou completamente o oposto.).

Pontos positivos e negativos da nossa área JORNALISMO:
Imagem
+ : a utilidade pública.
- : A omissão dos fatos, que muitas vezes somos obrigados praticar (Ainda mais no meu caso, que sou assessora imprensa).

Quais os livros que mais gosta?
Imagem
Adoro épicos. Leio muito Marion Zimmer Bradley. Gosto também de Saramago e Sidney Sheldon, Temas religiosos ou ligados a correntes filosóficas e culturais me atraem.

Os filmes?
Imagem
Ah, filmes, sim, épicos, épicos, épicos, de preferência com pano de fundo histórico.

O que acha da cultura no Brasil?
Imagem
Deveria ser bem mais explorada. Temos a cultura mais diversificada e talvez a mais bela dentre todas. E geralmente estas raras belezas ficam em lugares escondidos, ou onde não há investimento... tem muito artesão/artista passando fome. Se é pra viver um movimento cultural assim, que não se viva então. Agora, quanto a cultura não material, acho que nem em o que dizer, né...? Pena é a falta de respeito que temos com a gente mesmo. Por que um país que combate o turismo sexual, transforma o funk “Titanic” em jingle nacional, por exemplo? Seria falta de cabresto, como tinhamos durante a ditadura? Quem “controla” a cultura de massa hoje, parece não ter consciência de que muita gente pagou com a vida o direito que temos de livre manifestação de hoje,e fica falando e fazendo bobagem. Eu sei que misturei tudo, mas foi de coração...hehehehe.

O que mudaria no nosso país se fosse presidente?
Imagem
Telvez começaria por uma auto-valorização, assim como o Lula fez, provando que não é só o que vem de fora que é bom. E não adianta virem dizer que o véio não fez isso, por que uma grande prova foi a campanha publicitária que estimulava o consumo do café brasileiro, por exemplo! Ah, antes que me questionem: sim, sou petista.

Miséria, acha que tem solução?
Imagem
Qual das misérias, a da carne ou a da alma?

Preferes ser chamada de bruxa ou pagã? Sei que tu já me explicou isto,mas achei interessante a tua colocação.
Imagem
Pagã, com certeza. É que bruxa é o termo escolhido pra padre assustar criancinha. Pagão é quem não é cristão. E é só isso que tenho de diferente de todo mundo, não sou cristã, pedi minha excomunhão aos 18 anos.

Pensas fazer uma peça falando do paganismo algum dia, e poderias nos adiantar alguma coisa?
http://www.rosanevolpatto.trd.br/nemesis_sword.jpg" onclick="window.open(this.href);return false;
Imagem
Assim, como disse lá no começo da entrevista, o “Nêmesis” fala sobre isso.

Quando faz algum curso de esoterismo,o que discordas mais?
Imagem
Olha, ainda não teve nenhum ponto que discordasse, não... Só uma vez em que desmaiei durante um exercício, por causa da energia de uma colega que foi procurar meu professor, escondendo que o interesse dela era em satanismo. Nosso exercício era em duplas e me dei mal... parecia que a guria tava puxando meu espírito todinho. Passei a abominar quem se interessa em prejudicar ou utilizar a energia alheia a partir daí. Tinha uns dezesseis anos na ocasião.

O que mais admiras na cultura wicca?
Imagem
A tradição milenar, a atenção que prestam aos estudos, a fraternidade, a caridade.

Tem mais gente na tua familia que curte ser wiccano?
http://1.bp.blogspot.com/_KDIL214-Jeg/SZ6rpyox2xI/AAAAAAAAASM/WzfjEvvzBHg/s400/benzedeira.jpg
Creio que não. Minha bisavó era benzedeira, esta não me enganava...algo me dizia que ela pendia pra este lado, mas como a época em que se criou era diferente, e o cristianismo uma obrigação, acabou tendo que rezar ave maria para batizar alguém em casa, por exemplo. Minha vó não gosta, nem minha mãe, mas são kardecistas...deixa elas irem acreditando que são diferentes de mim...um dia quem sabe percebem o quanto tudo é igual.

Nem todas as bruxas são wiccas e afinal, qual a principal diferença?
Imagem
“Wicca” é um dos nomes da Grande Mãe, e tem sido mais difundido por que a população identificou melhor. Somos todas iguais, sim. Umas não obedecem o primeiro mandamento, apenas isso.

Que tal fazermos uma revista sobre paganismo?
Imagem
Olha que seria interessante...eletrônica? “Topo, vâmo caí pá dentru!”

Que tal aparecer mais no Portal da Luz? Um dia me falou por msn,que tava dando um tempo na espiritualidade, que tal falarmos mais um pouco sobre isto?
Imagem
Juntei as duas perguntas, por que elas tem uma só resposta. Não gosto de abrir muito minhas opiniões religiosas, por que sempre tem quem coloque opiniões distorcidas no ar, e acaba ridicularizando quem realmente tem fé. Para a crendice popular, bruxa anda de vestido preto e pentagrama gigante no pescoço. Ou voa em vassoura, ou pode trazer seu amor em três dias. Paganismo não é nada disso, e em debates, quem é pagão mesmo, sempre sai perdendo diante dos olhos da população, pois eles acham que quem tem poder é quem tem a falta de capacidade de tomar um cálice com sangue humano, por exemplo, ou sequestrar criança pra roubar os órgãos e fazer o que chamam de “feitiço”. Comemoro os dias que tenho que comemorar, faço os rituais que tenho que fazer, cumpro com minhas obrigações, minha filha dança pra lua junto comigo (Tem que ver que amor o manto dela...pequenininho...). Mas ninguém precisa estar a par disto. Não perco meu tempo, segundo todas as religiões, um dia toda a verdade será revelada, então deixo este stress para os deuses. Eu sou paga para escrever notícias, eles, para cuidar da humanidade, tão ignorante (Por que quer ser ignorante, digamos assim.).
Conheça o site Tele-Tudo e compre o que precisar, por tele-entrega

Cobra Grande
Administrador
Administrador
Mensagens: 4370
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:19
Fale sobre voce: Big Snack
Localização: São Paulo - Embu Guaçu
Contato:

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Cobra Grande » 09 Nov 2009, 21:26

Muito bacana a entrevista Carol, adorei. :D

O Xevious se saiu bem no comando, as imagens ficaram excelentes. :mrgreen:


:twisted: :twisted: :twisted:
~~~COBRA GRANDE~~~

Imagem

ImagemHora/Temperatura em SP

Avatar do usuário
Margarida
Membro
Membro
Mensagens: 3526
Registrado em: 29 Abr 2009, 01:38
Fale sobre voce: Sou Luz!!!!
Gender:
Brazil

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Margarida » 09 Nov 2009, 22:11

Xevious escreveu:Na verdade, só participo do Intonses, que antigamente era Forummania. Gostei do ambiente dele, para mim, é o mais saudável que já visitei e participei.

Carol, sempre te tratei bem, sempre gostei de tuas visitas...
O que tens contra mim?
Porque não respondeu nenhuma pergunta minha?
Porque achas que o Portal da Luz não é "saudável"?
Realmente fiquei muito decepcionada com esta tua posição...
Acho que vou me matar...
Brincadeirinha...
Mas, falando sério, estou "super decepcionada"... :(

Avatar do usuário
Carol Garcia
Membro
Membro
Mensagens: 918
Registrado em: 22 Jun 2009, 13:59
Fale sobre voce: Sobre você!!!!! (Foi isso que mandaram falar...)
Localização: Porto Alegre/RS
Contato:

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Carol Garcia » 11 Nov 2009, 09:36

Margarida escreveu:
Xevious escreveu:Na verdade, só participo do Intonses, que antigamente era Forummania. Gostei do ambiente dele, para mim, é o mais saudável que já visitei e participei.

Carol, sempre te tratei bem, sempre gostei de tuas visitas...
O que tens contra mim?
Porque não respondeu nenhuma pergunta minha?
Porque achas que o Portal da Luz não é "saudável"?
Realmente fiquei muito decepcionada com esta tua posição...
Acho que vou me matar...
Brincadeirinha...
Mas, falando sério, estou "super decepcionada"... :(


Margarida, me perdoe, é que quando terminei de responder estass primeiras, avisei o Xevious de que responderia as outras quando tivesse tempo, e justamente hoje que ia me dedicar a isto dou de cara com a primeira parte respondida e postada.
Se ele puder, poderá postar o resto das perguntas, tuas e da Preciosa, diga-se de passagem.
Me perdoem, mesmo, não tive tempo, de verdade, mas responderei e veremos se o Xevious pode editar.

Ah, e quanto ao Portal da Luz nunca disse que ele não era saudável...
aliás, em uma das perguntas que tu fizeste, já estou falando sobre isto.
Também te gosto muito amiga, pena não termos mais nos visto pessoalmente e ainda por cima ter dado este desencontro... :roll:
Fala sério... se não houvesse lugar ao sol para todos, Deus teria inventado um guarda sol tamanho XXXL, e não uma camada de ozônio!

http://www.diarinhozinho.blogspot.com Imagem

Eu, para todos
Eu, para os íntimos

Avatar do usuário
Xevious
Administrador
Administrador
Mensagens: 9580
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:12
Fale sobre voce: Sou feito de atomos
Gender:
Brazil

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Xevious » 12 Nov 2009, 01:44

Carol Garcia escreveu:avisei o Xevious de que responderia as outras quando tivesse tempo

me desculpe, acabei não prestando atenção nesse trecho da tua MP
é que até hoje ninguém tinha passado uma entrevista 'parcial'
acho que nem tem muito sentido, afinal o certo seria eu não ter publicado
e só quando tivesse completa

mas logo mais vou colocar o resto de entrevista
e obrigado pelos que gostaram da minha 'produção'
vamos ver se o restante pelo menos mantenha o nível
Conheça o site Tele-Tudo e compre o que precisar, por tele-entrega

Avatar do usuário
Carol Garcia
Membro
Membro
Mensagens: 918
Registrado em: 22 Jun 2009, 13:59
Fale sobre voce: Sobre você!!!!! (Foi isso que mandaram falar...)
Localização: Porto Alegre/RS
Contato:

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Carol Garcia » 12 Nov 2009, 09:39

Obrigada, Xevious...e sim, o nível está ótimo...se quiser ajuda pra alguma outra, eu dou um jeitinho!

Posso te dar uma sugestão?
Fazer cabeçalho com a opinião do entrevistador, é legal.
Fala sério... se não houvesse lugar ao sol para todos, Deus teria inventado um guarda sol tamanho XXXL, e não uma camada de ozônio!

http://www.diarinhozinho.blogspot.com Imagem

Eu, para todos
Eu, para os íntimos

Avatar do usuário
Xevious
Administrador
Administrador
Mensagens: 9580
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:12
Fale sobre voce: Sou feito de atomos
Gender:
Brazil

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Xevious » 12 Nov 2009, 20:17

Pronto, coloquei a segunda parte da entrevista...

Agora quero lembrar a todos que ta rolando uma entrevista com a Preciosa
e só eu fiz perguntas, por enquanto...

Perguntas a Preciosa => viewtopic.php?f=25&t=3618
Conheça o site Tele-Tudo e compre o que precisar, por tele-entrega

Avatar do usuário
Margarida
Membro
Membro
Mensagens: 3526
Registrado em: 29 Abr 2009, 01:38
Fale sobre voce: Sou Luz!!!!
Gender:
Brazil

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Margarida » 12 Nov 2009, 21:31

Carol escreveu:“Wicca” é um dos nomes da Grande Mãe, e tem sido mais difundido por que a população identificou melhor. Somos todas iguais, sim. Umas não obedecem o primeiro mandamento, apenas isso.

Bem legal tua entrevista Carol!
Mas nos fale sobre o primeiro mandamento?

Avatar do usuário
Carol Garcia
Membro
Membro
Mensagens: 918
Registrado em: 22 Jun 2009, 13:59
Fale sobre voce: Sobre você!!!!! (Foi isso que mandaram falar...)
Localização: Porto Alegre/RS
Contato:

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Carol Garcia » 13 Nov 2009, 20:23

Margarida escreveu:Mas nos fale sobre o primeiro mandamento?


É aquele que diz que se deve fazer tudo que quiser, sem prejudicar a ninguém.
Fala sério... se não houvesse lugar ao sol para todos, Deus teria inventado um guarda sol tamanho XXXL, e não uma camada de ozônio!

http://www.diarinhozinho.blogspot.com Imagem

Eu, para todos
Eu, para os íntimos

Avatar do usuário
Lancelot
Membro
Membro
Mensagens: 2677
Registrado em: 04 Mai 2009, 17:37
Fale sobre voce: Galáxia XRT 202 ZZ
Contato:
Portugal

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Lancelot » 15 Nov 2009, 18:29

Excelente trabalho do Xevius, eu não faria melhor, parabéns.
"O mal de muita gente não é a falta de ideias, mas um excesso de confiança nas poucas que tem"

Imagem

Lana Bonitoca
Membro
Membro
Mensagens: 830
Registrado em: 01 Mai 2009, 18:48
Fale sobre voce: Fala sério! Pergunta pro Bigo.

Re: Entrevista da Carol Garcia

Mensagempor Lana Bonitoca » 23 Nov 2009, 11:46

Gostei, que vida interessante. Que tal uma biografia? Aí concerteza não teria plágio. 8-)

  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Voltar para “Perguntas Adultas Finalizadas”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante