O cigarro pode ser extinto até 2050?

Aqui você pode discorrer sobre qualquer assunto que não se enquadra em alguma outra seção.
Cobra Grande
Administrador
Administrador
Mensagens: 4370
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:19
Fale sobre voce: Big Snack
Localização: São Paulo - Embu Guaçu
Contato:

O cigarro pode ser extinto até 2050?

Mensagempor Cobra Grande » 18 Jan 2011, 00:26

Imagem

Hoje é difícil de imaginar, mas, segundo uma análise recente baseada em tendências de tabagismo e preços de cigarros nos últimos 50 anos, o uso generalizado do cigarro pode se extinguir até 2050.

Ambos os fatores culturais e econômicos conduzirão à extinção de cigarros. Muitos estudos médicos vêm revelando os impactos negativos do fumo e, posteriormente, muitos locais públicos estão proibindo o tabaco. Assim, a prevalência de fumantes diminuiu de forma constante nos últimos 50 anos.

Na Grã-Bretanha, por exemplo, mais de metade da população fumava em 1960. Em 2008, esse número caiu para cerca de 20%. Os EUA enfrentaram queda parecida: atualmente, apenas um em cada cinco americanos fuma, em comparação com quase um em cada quatro uma década atrás.

Em algum momento, os principais mercados de tabaco quase faliram. Por enquanto, o aumento do preço por pacote manteve o crescimento de lucro das empresas em meio ao forte declínio de fumantes, mas, eventualmente, pode haver muito poucos fumantes para que o mesmo truque salve o negócio. Na maioria dos países desenvolvidos, a venda de cigarros deve perder seu valor até 2050.

O relatório prevê três tipos de cenário nas quais as taxas de tabagismo vão diminuir ou se extinguir: no cenário A, a tendência de diminuição existente se estende até atingir zero. No cenário B, as pessoas gradualmente desistem de fumar, até nos aproximamos a uma espécie de “núcleo de fumantes”, aquele grupo rígido que pode se extinguir eventualmente.

No cenário C, o fumo chega a um ponto de inflexão, se torna cada vez mais inaceitável e, portanto, fica mais fácil regular contra o tabaco, que pode chegar a ser totalmente proibido.


Fonte



:twisted: :twisted: :twisted:
~~~COBRA GRANDE~~~

Imagem

ImagemHora/Temperatura em SP


HumbertoReis
Membro
Membro
Mensagens: 1470
Registrado em: 23 Jan 2010, 18:41
Fale sobre voce: médico otorrinolaringologista. Temas de interesse: genealogia, relógios, carros antigos.
Localização: Guanambi-BA
Contato:

Re: O cigarro pode ser extinto até 2050?

Mensagempor HumbertoReis » 20 Jan 2011, 14:52

O cenário B, do núcleo de fumantes, é o mais provável, desde que uma empresa siga viva no mercado. Há inúmeros grupos saudosistas, que mantêm hábitos ou costumes de gerações passadas ou que se reunem para curtir algo tecnologicamente ultrapassado (vitrola, fita cassete, relógios mecânicos...). Esses grupos sustentam um importante mercado e poderiam - a depender do tamanho e força econômica - manter a empresa do tabaco.

Avatar do usuário
Xevious
Administrador
Administrador
Mensagens: 9510
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:12
Fale sobre voce: Sou feito de atomos
Gender:
Brazil

Re: O cigarro pode ser extinto até 2050?

Mensagempor Xevious » 04 Fev 2011, 14:11

HumbertoReis escreveu:Esses grupos sustentam um importante mercado e poderiam - a depender do tamanho e força econômica - manter a empresa do tabaco.

Sim, é verdade

e ainda tem o fator 'contra-cultural' em relação a cultura anterior

vivemos na 'geração-saúde', e esta 'faze' já esta tão grande, que me parece que esta dando os sinais de acabar
quando acabasse iria entrar uma geração opositora a 'geração saúde'
claro, não seria uma geração tão auto-prejudicial, porque muitos dos conhecimentos adquiridos na faze anterior seriam concervadas.
Mas mudariam os conceitos.

Outro fator, é uma futura possível liberação da maconha, poderia impulsionar também um aumento no consumo do cigarro comum também.

É como a relaçao da bebida com um refrigerante.

Sabemos como e bom tomar uma cervejinha gelada num dia de calor né.
Mas se estamos num ambiente de trabalho, não tomamos a tal da cerveja (pelo menos na maioria dos casos), mas compensamos com um refrigerante bem gelado, e o resultado é quase o mesmo, só que sem ficar bebado.

Uma relação meio parecida surgiria com o uso de maconha para fins recreativos e cigarro para ocasioes mais formais.



Hoje mesmo tava andando pelo centro de Porto Alegre, e notei que tem mais mulheres fumantes doq homens.
E inclusive são as mulheres mais jovens que fumam mais..

Acredito que o motivo seja uma reação ainda tardia a liberdade da mulher.
Conheça o site Tele-Tudo e compre o que precisar, por tele-entrega


  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Voltar para “Conversa Livre”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante