9 Mentiras dos EUA que resultaram em guerra

Avatar do usuário
Xevious
Administrador
Administrador
Mensagens: 9348
Registrado em: 28 Abr 2009, 01:12
Fale sobre voce: Sou feito de atomos
Gender:
Brazil

9 Mentiras dos EUA que resultaram em guerra

Mensagempor Xevious » 24 Fev 2017, 18:21

Vietnã (1964-1975)
Imagem


Mentiras na mídia: Sérvios cometem genocídio em albaneses do KosovoEm 2 e 3 de agosto, o Vietnã do Norte atacou dois navios dos EUA na baía de Tonkin.

O que aprendemos mais tarde: O ataque nunca existiu. Era uma invenção da Casa Branca.

Objetivo real: impedir a independência do Vietnã e manter o domínio dos EUA sobre a região.

Consequências: Milhões de vítimas, malformações genéticas (agente laranja), enormes problemas sociais.



Grenada (1983)
Imagem


Mentiras na mídia: sérvios cometem genocídio em albaneses do KosovoA pequena ilha do Caribe é acusada de construir uma base militar soviética e pôr em perigo as vidas de médicos dos EUA.

O que aprendemos mais tarde: Totalmente falso. O presidente Reagan fez o pretexto de fim a fim.

Objetivo real: Evitar as reformas sociais e democráticas do Primeiro Ministro Bispo (que foi assassinado).

Consequências: Repressão brutal e restabelecimento da influência de Washington.



Panamá (1989)
Imagem


Mentiras na mídia: Invasão tinha como objetivo prender o presidente Noriega por tráfico de drogas.

O que aprendemos mais tarde: Noriega foi um produto da CIA e reivindicou a soberania do canal quando terminou a concessão aos EUA. Intolerável para os Estados Unidos.

Objetivo real: Manter o controle dos EUA neste caminho estratégico de comunicação.

Consequências: Bombardeamentos americanos mataram entre 2.000 e 4.000 civis, ignorados pela mídia.



Iraque (1991)
Imagem


Mentiras na mídia: Iraquianos tinham roubado maternidades de maternidade em Kuwait City.

O que aprendemos mais tarde: Invenção total de uma agência de publicidade paga pelo Emir do Kuwait, Hill & Knowlton.

Objetivo real: impedir que o Oriente Médio resista a Israel e ganhe independência dos Estados Unidos.

Consequências: inúmeras vítimas da guerra e, em seguida, um longo embargo, mesmo em medicamentos.



Bósnia (1992-1995)
Imagem


Mentiras na mídia: A empresa norte-americana Ruder Finn e Bernard Kouchner alegaram que os campos sérvios de extermínio.

O que aprendemos mais tarde: Ruder Finn e Kouchner estavam mentindo. Eles eram campos de prisioneiros para trocas. O presidente muçulmano Izetbegovic o reconheceu.

Objetivo real: Quebrar a Iugoslávia, demasiado à esquerda, eliminar o seu sistema social, submeter a zona às multinacionais e controlar o Danúbio e as rotas estratégicas dos Bálcãs.

Consequências: Quatro anos de uma guerra atroz para todas as nacionalidades (muçulmanos, sérvios, croatas), provocada por Berlim e prolongada por Washington.



Somália (1993)
Imagem


Mentiras na mídia: Sérvios cometem genocídio em albaneses do KosovoKouchner "entra em cena" como herói da intervenção humanitária

O que aprendemos mais tarde: Quatro empresas americanas compraram um quarto do subsolo somali rico em petróleo.

Objetivo real: Controlar uma região militarmente estratégica.

Consequências: Incapaz de controlá-lo, os Estados Unidos manterão a região em um caos sem fim.




Iugoslávia (1999)
Imagem


Mentiras na mídia: Sérvios cometem genocídio em albaneses do Kosovo

O que aprendemos mais tarde: pura e simples invenção da OTAN, como reconhecido por Jamie Shea, seu porta-voz oficial.

Objetivo real: impor a dominação da OTAN nos Bálcãs ea sua transformação em polícia mundial. Instalação de uma base militar dos EUA no Kosovo.

Consequências: Duas mil vítimas dos bombardeios da NATO. Limpeza étnica do Kosovo pelo KLA, protegido pela OTAN.



Afeganistão (2001)
Imagem


Mentiras na mídia: Bush pretende vencer 9/11 e capturar Bin Laden

O que aprendemos mais tarde: Não há nenhuma prova de que a rede existe (Al Qaeda). De qualquer forma, os talibãs propuseram extraditar Bin Laden.

Objetivo real: Controlar militarmente o centro estratégico da Ásia, construir um gasoduto que permita controlar o suprimento de energia do Sul da Ásia.

Consequências: Uma longa ocupação e um grande aumento da produção e do tráfico de ópio.



Iraque (2003)
Imagem


Mentiras na mídia: Saddam possuiu armas perigosas de destruição em massa, Colin Powell disse à ONU, uma peça de teste na mão.

O que aprendemos mais tarde: A Casa Branca encomendou seus serviços para falsificar ou fabricar a evidência

Objetivo real: controlar todo o petróleo e chantagear seus rivais: Europa, Japão, China ...

Consequências: Iraque afundado em crueldade, mulheres relegadas à submissão e obscurantismo.



Esta matéria tem como origem um tópico no forum Taringa.
Alguns podem achar que tudo isso é apenas teoria da conspiração.

Mas eles nem chegaram a falar que a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, pode ter sido causada, por um bombardeio americano num navio brasileiro e que depois teria sido informado, pelos americanos, que teria sido feito por navios alemães.

Também nem chegaram a falar que o próprio 11 de setembro, teria sido tudo arquitetado pelos americanos.

E também incluiria a Líbia e a queda de de Kadafi nesta lista.
Conheça o site Tele-Tudo, que contem prestadores de serviços para todo tipo de serviço


Avatar do usuário
Margarida
Membro
Membro
Mensagens: 3269
Registrado em: 29 Abr 2009, 01:38
Fale sobre voce: Sou Luz!!!!

Re: 9 Mentiras dos EUA que resultaram em guerra

Mensagempor Margarida » 07 Mar 2017, 21:49

Isto tudo é revoltante... :evil:
O que me anima é que o "Tele-tudo" vem ai... :thumbup:
Aguardem...

Voltar para “Política”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante